Carros híbridos e elétricos: qual é a diferença entre os dois?

June 18, 2019

Em um cenário onde combustível vale ouro e os apelos para a preservação ambiental ficam cada vez mais urgentes, surge uma possibilidade no assunto mobilidade urbana.

 

Se a nossa sociedade passa por constantes mudanças dia após dia, com os automóveis não poderia ser diferente. Em busca de veículos mais eficientes e menos nocivos à natureza, surgiram os carros híbridos e elétricos. Mas afinal, você sabe quais são as diferenças entre eles?

 

Tipos de carros híbridos

Atualmente, há três tipos de carros híbridos disponíveis

 
Híbridos-Paralelos

Nos modelos mais antigos, a locomoção acontece pelo motor a explosão. O motor elétrico figurava apenas como um auxílio para aprimorar o desempenho.

O Honda Insight é um exemplo, assim como a maioria dos carros de pequeno porte.

Híbridos-Série

Em alguns modelos, o motor elétrico é o responsável pela locomoção do automóvel, porém o motor a explosão faz funcionar um gerador de energia que recarrega as suas baterias necessária para o automóvel se locomover e para carregar as baterias.

Híbrido Misto

Este último tipo une características do sistema em série com o sistema paralelo, aumentando o desempenho de ambos.

Esse sistema fornece energia para as rodas do veículo ao mesmo tempo em que gera eletricidade utilizando um gerador.

Neste caso, é possível usar somente o sistema elétrico.

 

 

E o carro elétrico?

Veículos totalmente elétricos utilizam motores alimentados por baterias recarregáveis. O único combustível responsável por fazer o automóvel se movimentar é a eletricidade.

Nos Estados Unidos, um comparativo feito entre os gastos com um carro elétrico e um com motor a gasolina mostraram que, ao menos por lá, pode ser bem mais econômico andar com um veículo a eletricidade pelas estradas. O teste foi feito percorrendo uma distância de 100 quilômetros.

No carro movido a gasolina, o gasto com combustível foi calculado em R$10,50, com uma emissão de 18,2 gramas de CO2 durante o percurso de 100km. Já o elétrico movido a hidrogênio gastou R$7,30 no mesmo trajeto, sem emissão de gases poluentes.

Olhando assim, fica evidente que o carro elétrico tem grandes vantagens. Porém, é preciso considerar outras questões antes de uma decisão final sobre o assunto. No teste feito nos EUA, o preço do hidrogênio custa quase o dobro do valor da gasolina — bem como rende duas vezes mais (por isso o consumo menor).

Por outro lado, a produção do hidrogênio no país é feita a partir de um processo que usa a queima de carvão. Com isso, acaba sendo mais poluente do que a gasolina, fazendo com que o impacto ambiental promova um efeito contrário ao que se espera do produto, que tem como conceito a sustentabilidade.

 

Quais as vantagens e desvantagens entre eles?

Na comparação acima, mencionamos a diferença entre o motor do carro a gasolina e o elétrico. Agora, vamos falar sobre os modelos híbrido e elétrico.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

CUIDADOS que você deve ter com seu FOOD TRUCK

December 26, 2018

1/10
Please reload

Posts Recentes

November 22, 2019