Buscar
  • Equipe técnica

Importação direta de veículos: vantagens e desvantagens


A importação direta de veículos é uma boa opção para quem quer comprar carros de luxo ou modelos antigos, o custo benefício acaba sendo melhor, já que carros importados não têm todos os impostos e taxas que os veículos vendidos no país têm. Tanto pessoas físicas quanto jurídicas podem optar pela importação direta, mas antes do embarque, existem alguns cuidados importantes que o importador deve ter; os documentos LCVM (Licença para Uso da Configuração do Veículo ou Motor) e CAT (Certificado de Adequação à Legislação Nacional de Trânsito) devem ser emitidos junto ao IBAMA e DENATRAN, em esses documentos o veículo não vai ser liberado no Brasil.


Caso o comprador não tenha o valor do veículo e dos impostos em mãos, não vai poder realizar a compra, pois o total deve ser pago à vista. Outro ponto negativo é que não existe garantia mundial, como quando o veículo chega ao país através de importadoras, o processo também acaba sendo mais trabalhoso, devido aos documentos que devem ser emitidos e que ficam por conta do comprador, fora isso, precisa contratar exportador, advogado e despachante.


Além do preço, a maior variedade de modelos, sem dúvida é um ponto positivo e muitas vezes a razão porque muitos compradores optam pela importação. Atualmente, existem mais de 140 modelos diferentes de importados, um leque muito maior de possibilidades. O valor das peças e as tecnologias mais eficientes e econômicas também são um ponto positivo.


3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo