top of page
  • Foto do escritorDanilo Ibanez Spaziani

Fabricação de carros no Brasil: Conheça os detalhes desse processo


Estacionamento com carros.

A fabricação de um veículo não ocorre do dia para a noite, envolvendo a participação de inúmeros profissionais. E, ao nos depararmos com a ampla variedade de modelos quando visitamos concessionárias, é natural que foquemos nos benefícios dos veículos e desprezemos os detalhes de sua fabricação, fruto de desconhecimento.


No entanto, a segurança dos automóveis está intimamente associada ao seu processo de produção, que, se conduzido de forma negligente e descuidada, poderá comprometer o bem-estar dos seus futuros proprietários. A fim de que haja uma verificação ostensiva na condição estrutural do automóvel, alguns órgãos reguladores determinam a emissão de documentos, que asseguram um veículo homologado e em conformidade com os padrões de segurança.


Emplacamentos em alta: Setor automotivo supera desconfiança


Que a aquisição de um carro representa uma realização pessoal única, isso não é novidade para ninguém. E, no Brasil, é possível observarmos uma onda de financiamentos, resultante de subsídios estatais e de maior otimismo econômico.


Na primeira semana de agosto de 2023, por exemplo, o emplacamento de veículos leves apresentou uma alta de 23% em relação ao mesmo período do ano anterior, revitalizando a dinâmica do mercado e, inclusive, mobilizando um público cuja renda impossibilitava tal investimento no passado


Qual o passo a passo da fabricação de um veículo?


Beneficiado por uma tecnologia em constante evolução, um veículo é concebido na linha de montagem em até 26 horas. O processo de fabricação, por sua vez, não demanda tantos profissionais braçais como em décadas anteriores e é desempenhado de maneira automatizada, proporcionando a disponibilização de centenas de modelos diariamente.


Abaixo, confiras as três principais etapas produtivas que originam um automóvel:

  • Corte e deformação da chapa: As chapas são inseridas em prensas, após surgirem em bobinas. A tecnologia se encarrega de cortá-las e transformá-las, as convertendo em peças para comporem a carroceria do automóvel.

  • Pintura: Finalizada a moldagem das peças, elas são pintadas com uma cor pré-estabelecida, atendo-se a padrões estéticos que visam o estabelecimento da identidade visual do carro.

  • Montagem final: Nesta etapa, são inseridos todos os dispositivos internos e externos – que totalizam até 3.000 peças. Além disso, são introduzidos componentes como carpetes, estofamentos laterais, bancos, para-brisas, motor e suspensão.


A homologação do veículo determinará uma fabricação segura


Em meio ao desejo de atuar no setor de montagem de automóveis, você se tornará apto a fabricá-los à medida que, através do Inmetro, garantir a emissão do CCT (Certificado/comprovante de Capacitação Técnica). Posteriormente, é de suma importância que, atentando-se às solicitações do Ibama e Senatran, finalize a homologação do veículo por meio da obtenção do LCVM (Licença para Uso da Configuração de Veículo ou Motor) e do CAT (Certificado de Adequação a Legislação de Trânsito).


A condução desse processo pode levar até 7 meses e é realizado com excelência pela VIP Engenharia. Portanto, caso vislumbre o emplacamento dos modelos, certifique-se de que os automóveis tenham sido submetidos a todas as etapas de homologação, o que atestará sua irrestrita segurança.


Clique aqui para solicitar contato com nossos especialistas, que prontamente te ajudarão!

42 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page