top of page
  • Foto do escritorDanilo Ibanez Spaziani

Carros importados no Brasil: vale a pena importar eles?



Em meio a uma retomada econômica que, após a pandemia, registra maior morosidade em alguns setores do que em outros, o setor automotivo apresentou dificuldade em 2022 para crescer em vendas. Em razão do elevado preço e, principalmente, de juros estratosféricos, o prédio médio de um automóvel comercializado no Brasil alcançou R$126 mil, o que limita brutalmente o mercado e compromete as ambições das classes C e D, que em outros tempos impulsionaram o setor. Neste artigo, comentaremos a respeito de veículos importados e suas particularidades, portanto, continue conosco!


Diante de um cenário onde até mesmo os obstáculos para a aquisição de um veículo popular são imensos, para carros importados a demanda restringiu-se definitivamente aos mais endinheirados. Embora o perfil médio do cliente brasileiro de automóveis não disponha de poderio aquisitivo para investir em carros oriundos de países estrangeiros, as vendas de Volvo XC60, Volvo XC40, Kia Sportage, Kia Bongo e Evoque carregam consigo números relevantes, apesar de atenderem um público mais segmentado, e se enquadram na necessidade da obtenção do CAT para carros importados, responsável por certificar a segurança do veículo.


Segundo os aficionados por automóveis importados, o design inovador - e que se difere da maioria dos veículos que transitam pelas ruas -, a maior valorização no mercado, além do conforto aliado à sofisticação estimulam a procura por esses modelos. Entretanto, a homologação de veículos é fundamental quando se trata de um carro estrangeiro, tendo em vista a obrigatoriedade de enquadrá-lo na legislação nacional através de etapas de regulação determinadas pelo IBAMA e DENATRAN.


Apesar do processo burocrático, uma participação de mercado crescente a ser observada é de carros importados usados. Levando-se em conta que, atualmente, muitas pessoas têm aderido à responsabilidade financeira, a fim de zelar pelo seu patrimônio e rejeitando investimentos imprudentes, uma alternativa viável para essa demanda de mercado são automóveis com 10, 15 ou até 30 anos de uso, cujas buscas intensificaram-se também devido às sucessivas valorizações anuais dos veículos - que por vezes ultrapassam 100%.


Em relação à manutenção do veículo, as importadoras costumam manter um estoque de peças à disposição dos clientes em sua loja representante no Brasil, resolvendo a dor de cabeça do condutor em meio ao estresse provocado pelo veículo quebrado. A VIP Engenharia auxilia no processo de solicitação do CAT para carros vindos de fora do Brasil, comprometendo-se a apresentar excelência no acompanhamento da solicitação e possibilitando o devido emplacamento, para que, desta maneira, você possa trafegar tranquilamente pelas ruas dirigindo o veículo dos seus sonhos.

Comments


bottom of page